A importância da Limpeza das caixas de água

É de conhecimento geral que a água recebe tratamento antes de chegar às residências, escritórios e comércios pronta para o uso. Entretanto, mesmo com todo o cuidado, a estação de tratamento  não é capaz de evitar que resíduos e partículas cheguem até as caixas d’água.

Esses resíduos e partículas por si só não representam perigo para o ser humano. No entanto, a água, antes de ser consumida, pára na caixa d’água e isto acarreta a acumulação destas partículas.  Ao longo do tempo, estas partículas formam limo que confere gosto e cheiro estranho na água. Além disso, nenhuma caixa d’água é vedada 100% causando com que insetos e outros animais possam entrar e causar a contaminação dos reservatórios.

Isso se dá porque o inseto entra no reservatório quando ainda é pequeno e passa todo o seu ciclo de vida ali (também não é incomum encontrar animais – como mosquitos e até mesmo ratos – mortos dentro dos reservatórios d’água). Assim, é importantíssimo limpar a caixa d’água periodicamente. No Estado de São Paulo é lei limpá-la duas vezes por ano e, em alguns locais do Estado, é obrigatório que a limpeza seja efetuada por profissionais e que não cumprir está sujeito á multa.

Assim, somente limpar a caixa d’água não é o suficiente. A manutenção desta limpeza é importantíssima para evitar as contaminações listadas acima e garantir que a água que consumimos seja segura. A água deve ser verificada temporalmente para detectar se há bactérias, germes, entre outros organismos nocivos aos seres humanos. Para garantir que o nível de higiene dos reservatórios de água estão de acordo com a qualidade da água para consumo humano e seu padrão de potabilidade é essencial manter o reservatório limpo e sob manutenção regular.

 

Como e feita a limpeza das caixas de água?

A limpeza da caixa d’água não consiste somente em limpar no sentido estrito do verbo. Também é necessário impermeabilizar e desinfetar o reservatório para garantir a qualidade da água. Aqui temos uma breve explicação dos passos tomados:

Impermeabilização – efetuada assim que a caixa d’água é instalada, a impermeabilização previne que organismos como o mofo, limo e fungos se desenvolvam em torno do reservatório. Estes organismos são perigosos, e podem contaminar a água que ali se encontra. Durante a impermeabilização também se verifica a vedação da caixa d’água para evitar a entrada de pragas e insetos.

Limpeza Física – efetuado antes da limpeza, esse tipo de tratamento envolve a remoção de folhas ou outros objetos ou insetos que se encontrem dentro da caixa d’água, bem como a inspeção de boias, filtros e da tubulação.

A limpeza da caixa d’água deve se dar de 6 em 6 meses. Ela pode ser efetuada pelo dono da casa ou por uma empresa especializada, entretanto, recomenda-se a utilização da empresa para poder se ter uma garantia.

A limpeza da caixa d’água é um trabalho que leva tempo uma vez que depois do tratamento físico deve-se fechar o registro e esvaziar a caixa d’água quase que por completo (sempre deve-se deixar um pouco de água para evitar que a estrutura rache).

Após, é efetuada a limpeza da caixa com produtos a base de cloro (é contraindicado utilizar qualquer produto à base de sabão) e uma escova com cerdas de plástico ou de nylon. Depois da limpeza, efetua-se a desinfecção e a vedação da caixa d’água o que deverá prevenir a entrada de organismos indesejáveis.

Desinfecção – efetuada após a limpeza da caixa d’água, a desinfecção é uma medida preventiva para garantir que nenhum organismo nocivo venha a se desenvolver no reservatório. Nela, a empresa aplica um produto, com selo da vigilância sanitária garantindo que ele não é nocivo à saúde, à base de cloro em todas as paredes da caixa d’água.

 

Como escolher uma empresa para a Limpeza de caixas de água?

Para ter certeza que o serviço será bem feito, é importante contratar uma empresa séria. Muitas empresas realizam este serviço. Porém, somente realizar o serviço não basta: a empresa deve preencher requisitos essenciais como: a)possuir alvará da Vigilância Sanitária(pode-se pedir cópia deste alvará para comprovação de sua existência); b)possuir um responsável técnico que assina pelos produtos utilizados; c) possuir funcionários treinados especificamente para a limpeza de caixa d’água; d) possuir todos os equipamentos de proteção individual como galochas, luvas e máscaras de proteção.

Vale lembrar que é importante que após a limpeza a empresa efetue uma análise bacteriológica  para se certificar que a limpeza foi efetiva. Caso contrário, a empresa deve voltar à residência para uma nova limpeza sem custo adicional para o cliente.

Se você tiver duvidas sobre a limpeza e manutenção de  caixas de água, entre em contato com a Desentupimento SP e receba orçamentos de limpeza da caixa d’água em todos os bairros de São Paulo com garantia de serviço!